Destaque

Turismo e Inclusão em debate no ISCE 

 
..

ENTRADA LIVRE

 

O evento organizado pelo Departamento de Turismo do ISCE pretende debater a importância de uma visão inclusiva nos novos modelos de negócio turístico, trazendo até ao Instituto uma série de casos práticos que são exemplo de boas práticas e do que de melhor se faz em Portugal a esse nível.No próximo dia 4 de Abril, terá lugar no auditório do ISCE o seminário: “Turismo e Inclusão – Uma gestão turística de futuro”.

Numa altura em que o turismo continua a bater recordes em território nacional, sendo que Portugal recebeu 20,6 milhões de hóspedes em 2017, um avanço de 8,9% face a 2016 e quando segundo os dados dos Censos 2011, são aproximadamente 1 milhão e 900 mil (ou cerca de 18% da população nacional) os Portugueses e Portuguesas, com mais de cinco anos de idade, que declaram ter muita dificuldade, ou não conseguir realizar, pelo menos uma de seis atividades diárias: andar (25%), ver (23%), memorizar (17%), ouvir (13%), tomar banho/vestir-se (12%), compreender (10%), e que só na Europa existem cerca de 50 milhões de pessoas com deficiência e 134 milhões de pessoas com mobilidade reduzida, o tema é de todo pertinente e visa “sensibilizar os atuais estudantes para a importância da temática no seu modus operandi, contribuindo assim para a formação de melhores profissionais” conforme referiu o Diretor de Departamento, Prof. Doutor Nuno Abranja.

O enorme mercado potencial, constituído pelos cidadãos com mobilidade reduzida, tanto residentes como estrangeiros que pretendem deslocar-se ou gozar férias em Portugal, não deve ser descurado, visto poder constituir uma importante fonte de receita para os estabelecimentos e para o país, já que com base num estudo da Deloitte & Touche (“Tourism for All in Europe”, citado pelo OSSATE com base em van Horn, 2002) cerca de 70% da população que precisa de acessibilidade tem meios financeiros e condições de saúde para viajar.

De acordo com a European Network Accessible Tourism(ENAT), as receitas potenciais estimadas do mercado de turismo acessível ascendem a cerca de 83 mil milhões de euros por ano, considerando apenas o mercado europeu (dados de 2007).

De facto, se juntarmos às pessoas com deficiência, pessoas idosas, grávidas, casais com crianças, torna-se claro que um número significativo de europeus pode beneficiar em grande medida das melhorias de acessibilidade no turismo.

O Prof. Doutor Nuno Abranja, Diretor do Departamento de Turismo do ISCE, reforçou “a importância do evento para a redinamização da Licenciatura de Turismo do ISCE que cumpriu recentemente 20 anos, marcando assim um novo ciclo, numa Licenciatura na qual o ISCE sempre se pautou por marcar a diferença dando primazia a áreas menos desenvolvidas”.

O evento terá início às 10h do dia 4 de Abril e as inscrições podem ser feitas através do email [email protected] .

O programa será disponibilizado em breve.

Um evento a não perder!

 

 


 

?Estão abertas as candidaturas para a 3ª Edição d?o curso de? Pós?-?Graduação em ?Organização e Gestão de Eventos de Negócios, Desportivos e de Animação Turística, do Instituto Superior de Ciências Educativas (ISCE), dinamizada pelo Departamento de Turismo com a parceria da multinacional AIG Group International. Este curso qualifica para o domínio da Organização e Gestão Estratégica com forte incidência nas atividades de Incoming Outgoing em Eventos, Etiqueta, Protocolo e Imagem, Catering Banqueting, Vendas e Comercial, Eventos de negócios/Corporate e Congressos, Eventos Desportivos e de Animação Turística, Tecnologias e Empreendedorismo. Contando com uma equipa de formadores qualificados constituída por profissionais de excelência com vários anos de experiência em diferentes ?campos da indústria dos eventos, esta Pós-Graduação é das poucas formações a nível nacional direcionada e especializada n?esta área de negócio cada vez mais importante no nosso país.


Este curso é direcionado para licenciados (diploma de pós-graduação) e não licenciados (diploma de formação especializada)?.? Com est?a formação, o estudante ficará habilitado a.

 

 

  • Desenvolver capacidades técnicas no que concerne à organização e gestão de eventos em termos de operações, de recursos humanos, de marketing e financeiros;
  • Identificar as novas tecnologias em voga no sector, desenhando e aplicando ferramentas criativas e inovadoras no âmbito da comunicação e divulgação de eventos;
  • Analisar casos reais, simulações, dados estatísticos, planos de ação e novos métodos de execução através de sessões práticas;
  • Conhecer e aplicar os instrumentos de controlo, orçamentação, coordenação, gestão e avaliação dos processos inerentes à dinâmica dos eventos;
  • Criar um projeto empreendedor, com o acompanhamento de especialistas, capaz de gerar um negócio próprio sustentável.

 

O Curso terá a duração total de 5 meses. As aulas decorrerão às 5ª e 6ª-feiras em período pós-laboral, entre as 18h30 e as 22h30. Esta formação funciona em regime b-learning, com 84% de aulas presenciais e 16% a distância.

   Inscrições/Candidaturas: a decorrer até 28/02/2019

   Resultados das candidaturas: 4/03/2019

    Matrículas:  5 e 6/03/2019

   Início das aulas: 8/03/2019

Brochura digital PG

Download